Dentro de mim existe um lugar onde vivo inteiramente só
e é lá que se renovam as nascentes que nunca secam.
P.Buch

8 de setembro de 2011

João

Tenho recebido este texto da internet e acho bem bonito.

“Não estás deprimido, estás distraído, por isso acreditas que perdeste algo, o que é impossível, porque tudo te foi dado. Não fizeste um só cabelo de tua cabeça, portanto não podes ser dono de nada. Além disso, a vida não te tira coisas, a vida te liberta de coisas. Te alivia para que voe mais alto, para que alcances a plenitude. Do útero ao túmulo, vivemos numa escola, por isso, o que chamas de problemas são lições. Não perdeste nada, aquele que morre simplesmente está adiantado em relação a nós, porque para lá vamos todos. Além disso, o melhor dele, é o amor, segue em teu coração”. Facundo Cabral

E, por algum motivo, penso no meu pai. Já falei dele aqui no blog algumas vezes. De como é corajoso, de como ele é otimista etc. Sempre sinto um aperto no coração quando vejo todos os seus desafios do dia a dia. Tomar banho, por exemplo, para ele não é uma simples tarefa como para mim. Tem todo um ritual de precisar inclusive de ajuda de minha mãe. Andar é quase uma missão impossível, mas ainda consegue se mover até o quintal para ver suas ferramentas que organiza com tanto zelo e lava a louça do almoço apoiado na pia da cozinha. Por não ouvir, precisamos escrever para que ele nos entenda. E algumas outras coisas mais. Enfim, desafios que só uma pessoa forte pode ter sem esmorecer. E meu pai é assim. Nunca reclama de nada e agradece tudo o que acontece. Agradece quem o ajuda a viver seus desafios, e ainda tenta levantar alguém que está deprimido ou triste.

Ainda hoje, ele, com uma crise de gota (doença reumatólogica), sentindo muita dor e percebendo que minha mãe, sua companheira que neste setembro completa 70 anos de casados, estava triste e de cabeça baixa, disse a ela: “Irene, deixe que a minha dor eu vivo, você só cuida de mim. Não viva a minha dor. Ergue a cabeça que a vida é pra frente.” Eu fiquei ouvindo isso sem respirar e pensando como meu pai vivia suas experiências com tanta sabedoria. Quanto aprendizado ele consegue acessar com aquele corpo frágil. Ele com certeza não é só aquele corpo frágil, ele muito mais que isso. É uma pessoa que compreendeu que cada um tem suas próprias experiências de aprendizado. Ele aceita o que a vida lhe dá, ele confia que tudo vai dar certo, ele entrega suas experiências para a vida, agradece o que tem hoje e consegue ver e ser solidário às pessoas em piores condições.

O resultado disso é que seus filhos, netos, bisnetos, parentes, vizinhos todos o admiram por seu bom humor diante de tantos desafios.

Eu, apesar de ficar triste, fico orgulhosa de ter uma pessoa perto de mim que sabe aproveitar suas experiências para se tornar cada vez melhor. Como foi que ele aprendeu essa fórmula?

Por isso pensei em meu pai ao ler o poema acima, pois ele é o exemplo vivo de que a vida não o tirou nada, só acrescentou mais possibilidades de se expandir mais na compreensão do que é a essência do viver.

Que eu aprenda com ele como viver com tanta dignidade.

9 comentários:

  1. Zezé, como é bom ter o privilégio de conviver com pessoas sábias, como seu pai, eu com minha mãe... somos priviliegiadas mesmo...bjs Vera

    ResponderExcluir
  2. Libertar-se de coisas nem sempre é fácil, mas se inevitável, então que seja bom.
    Marcos

    ResponderExcluir
  3. Você tem dois mestres vivos perto de você...que ainda te ensinam a sabedoria do simples viver, que grande presente Zezé. Vida longa e saúde aos seus pais. Bjs

    ResponderExcluir
  4. Sabe como me emociono ao ver e saber das coisas do Vô. Eu sempre digo que ele é uma pessoa iluminada, com todos os problemas que tem, mas que os aceita com muita resignação.
    AMO MUITO MEU AVÔ.

    ResponderExcluir
  5. o trecho "aquele que morre simplesmente está adiantado em relação a nós" me conforta! Mas os exemplos que ainda estão entre nós, como seu pai, penso que, não que ele não esteja adiantado, mas que aqui ele ensina muito ainda! :)
    beijos

    ResponderExcluir
  6. "Lindo demais!!!!"
    Sandra Rosa

    ResponderExcluir
  7. Parabéns ao seu pai pela lição de vida que nos dá. Vocês são abençoados por conviverem com eles
    pai e mãe, pois sei que sua mãe também é linda.
    Um beijo a todos
    Roseli

    ResponderExcluir
  8. muito bom os artigos! adorei... Luca

    ResponderExcluir
  9. Um exemplo que contagia...
    Um beijo

    ResponderExcluir